CUB: o que é, como é calculado e tabela atualizada 2024

10 Janeiro 2024 | Atualizado em 10 Maio 2024
Por Natália Poliche

CUB Brasil

Quem está em processo de pesquisa para a compra de um apartamento na planta já deve ter se deparado com várias siglas. Entre elas, o CUB, que significa Custo Unitário Básico. Calculado a partir do preço de materiais de construção, mão de obra e equipamentos utilizados em obras, o CUB é considerado a cesta básica do setor imobiliário.

O CUB é medido em R$/m² o que significa, na prática, que ele representa o quanto se gasta em média para construir 1 metro quadrado. Existem dois tipos de CUB, o estadual, que é calculado pelos Sindicatos da Construção Civil de cada um dos estados, usado em boa parte das obras, e o CUB Brasil, uma média nacional calculada para servir como referência para os preços em cada região. 

Esses índices servem como indexadores de reajuste dos contratos de compra de apartamentos na planta. Isso significa que é pelos valores do INCC e do CUB que os valores serão corrigidos.

Além de algumas particularidades, o INCC também é a inflação oficial da construção civil, enquanto o CUB estadual também ajuda a projetar quanto, mais ou menos, uma obra pode custar.

Geralmente, os estados que não utilizam o CUB estadual como taxa de correção utilizam o INCC com este objetivo.

CUB Estadual - Valor hoje

Confira último valor divulgado do CUB na maioria dos estados brasileiros, conforme seus respectivos Sindicatos, além do projeto-padrão de cada estado na tabela:

UF Mês** Valor do CUB* Mês (%) 12 meses (%) Classe CUB
CUB SC mai/24 R$ 2.758 0,03% 2,59% Média
CUB PR abr/24 R$ 2.311 0,14% 3,61% R8N
CUB SP abr/24 R$ 1.963 0,05% 2,51% R8N
CUB RJ abr/24 R$ 2.192 0,30% 3,34% R8N
CUB MG abr/24 R$ 2.213 0,39% 2,63% R8N
CUB RS abr/24 R$ 2.418 -0,28% 1,75% R8N
CUB GO abr/24 R$ 2.377 -0,43% 3,21% R16A
CUB ES abr/24 R$ 2.470 0,11% 5,01% Média
CUB DF abr/24 R$ 2.037 1,78% 5,10% R8N
CUB MT abr/24 R$ 2.772 0,24% 4,85% R8N
CUB BA mar/24 R$ 1.925 1,36% 0,54% R8N
CUB CE abr/24 R$ 1.826 -0,86% 6,58% R8N
CUB MA abr/24 R$ 1.675 0,12% 3,67% R8N
CUB MS mar/24 R$ 1.667 -0,01% 3,33% R8N
CUB PI jan/24 R$ 1.311 0,92% -2,06% R8N
CUB PA abr/24 R$ 1.982 0,35% 2,35% R8N
CUB PE abr/24 R$ 1.961 0,50% 3,51% R8N
CUB RN dez/23 R$ 1.961 0,01% 4,19% R8N
CUB RO abr/24 R$ 1.946 1,10% 5,45% R8N

CUB ou INCC

Como dissemos antes, os dois indexadores de reajuste utilizados pelo mercado imobiliário são ou o CUB estadual ou o INCC. Já o CUB Brasil costuma ser utilizado como comparativo para o INCC e balizador para os Sinduscon’s de como os preços do seu estado estão variando.

Vale ressaltar que a decisão sobre qual será a taxa adotada para reajuste dos contratos de compra de apartamento na planta cabe à construtora responsável pelo empreendimento.

Ou seja: comprador, analise cuidadosamente o contrato antes de assiná-lo para não ter surpresas na hora dos reajustes mensais nas parcelas.

Além disso, em cada estado existe um comum acordo de qual índice é mais utilizado para cálculo de correção dos valores, o que não impede que um empreendimento seja reajustado por outro índice, diferente do “indicado” na região.

Por exemplo, em Goiânia, geralmente os contratos de compra de apartamento na planta são corrigidos pelo INCC, enquanto em Santa Catarina o CUB estadual calculado pelo Sinduscon Grande Florianópolis é o mais comum nos contratos. Mesmo assim, esses contratos poderiam ser reajustados por outros indicadores, caso fosse a política da construtora.

É importante lembrar também que apesar do CUB “oficial” ser calculado pelo Sinduscon estadual, em alguns estados os Sinduscon’s municipais também calculam o CUB com base nos dados de uma região específica. Em Minas Gerais e Paraná, por exemplo, além dos Sindicatos estaduais, alguns sindicatos dos municípios também fazem seus respectivos cálculos.

Principais dúvidas sobre o CUB

Entender o CUB e seus desdobramentos não é uma tarefa fácil. Por isso, se restou alguma dúvida sobre qualquer aspecto do índice, vem conferir nossa FAQ sobre o assunto!

Quando utilizar CUB ou INCC?

Os dois indexadores de reajuste utilizados pelo mercado imobiliário são ou o CUB estadual ou o INCC. Já o CUB Brasil costuma ser utilizado como comparativo para o INCC e balizador para os Sinduscon’s de como os preços do seu estado estão variando.

O que entra no cálculo do CUB?

O CUB é calculado a partir de vinte e cinco materiais, duas categorias profissionais, um equipamento e custo administrativo.

Qual CUB utilizar?

O CUB estadual é o utilizado como indexador de reajuste pelo mercado imobiliário. Já o CUB Brasil costuma ser utilizado como comparativo para o INCC e balizador para os Sinduscon’s de como os preços do seu estado estão variando.

O que é R1, R8 e R16 no CUB?

R1, R8 e R16 são alguns dos Projetos-Padrão que compõem a NBR 12.721:2006. Importante lembrar que o CUB Residencial também é dividido em Baixo, Normal e Alto, assim sendo muito comum os projetos-padrões virem acompanhados de letras. O R8-N, por exemplo, é uma Residêncisa Multifamiliar de Padrão Normal.

Pensando em comprar um apartamento na planta?

A MySide está presente em diversas cidades do Brasil. Nosso site possui informações detalhadas de mais de 2 mil empreendimentos imobiliários com apartamentos na planta à venda nas regiões onde atuamos. Acesse as páginas abaixo e confira todas as opções.

Deixe seu comentário ou dúvida