Por que investir em imóveis em Curitiba? Conheça as vantagens!

10 Maio 2024 | Atualizado em 07 Junho 2024
Por Lucas Silva
Prédios em Curitiba, PR
Investir no mercado imobiliário de Curitiba

Curitiba cumpre todos os requisitos de uma boa cidade para investir em imóveis: valorização imobiliária promissora, demanda de aluguel constante e qualidade de vida que reafirma as vantagens de morar e turistar por lá, atraindo mais gente para viver, trabalhar e estudar na capital.

Arborização, mobilidade urbana, segurança, limpeza e acesso à cultura são características que ajudam a definir a capital paranaense. Por isso, no mercado imobiliário municipal, os empreendimentos que estão no centro de tudo isso são os que mais se destacam.

Curitiba é o centro comercial, industrial e econômico do Paraná, além de ser uma cidade universitária e essencialmente turística do estado. Tudo isso dá indícios do porquê o município curitibano ser uma das melhores apostas imobiliárias no momento.

Os principais motivos para investir em imóveis na capital curitibana passam pela valorização imobiliária inegável dos últimos anos, a demanda de aluguel constante, o ganho na qualidade de vida de quem decide morar por lá, o aumento da população, além de outros fatores, confira.

1. Valorização imobiliária (venda e aluguel)

Vista aérea dos bairros de Curitiba, PR
Bairros horizontais e verticais em Curitiba, PR

Se você não quer mudar de cidade agora, mas quer ver seu patrimônio crescendo mesmo assim, vai gostar de saber que a performance imobiliária da cidade é um dos grandes motivos para investir por lá. Curitiba teve uma valorização de 6,40% no preço de seus imóveis só no ano de 2023.

No ano anterior, o acumulado foi ainda maior, atingindo a valorização de 13,64% no preço dos imóveis em 2022. Em 2 anos, estamos falando de uma valorização imobiliária de 20% e, como consequência, de um dos 10 metros quadrados mais caros do Brasil.

Curitiba ocupa a nona posição entre as 50 cidades acompanhadas pelo índice Fipezap residencial, que acompanha os preços relacionados a imóveis no âmbito nacional, com uma média de R$ 9.458 por metro quadrado em março de 2024. Os números são do Índice Fipezap residencial.

Quando o assunto é investimento para aluguel, a perspectiva é positiva também.

De acordo com o Fipezap de locação residencial, somente em 2023, Curitiba teve uma variação de 20,70% no preço médio do metro quadrado de aluguel de imóveis residenciais, fechando o ano com o valor médio de R$ 36,17 por m².

2. Demanda de aluguel constante

Demanda de aluguel constante em Curitiba
Demanda constante de Curitiba empurra o mercado da construção civil

Por ser a maior cidade do Paraná, o fluxo de pessoas que procuram o local para fazer negócios é grande durante o ano inteiro. O nicho é conhecido como turismo empresarial.

Esse movimento intenso faz com que o aluguel short stay com studios na região do Centro seja uma boa opção de investimento imobiliário. Além do centro, o bairro Batel também é um dos mais procurados por quem está de passagem pela cidade para fazer negócios.

E o turismo de viagem também atrai diversos visitantes à Curitiba, especialmente para região do Cristo Rei e do Centro Cívico. Isso porque, nesses bairros, estão os pontos mais conhecidos da cidade: o Jardim Botânico e o Museu do Olho. Por lá, investimentos em apartamentos voltados ao short stay são os mais indicados.

Nessas regiões, a valorização dos empreendimentos também é bastante interessante pelo perfil dos bairros. Ou seja, comprar apartamentos no Cristo Rei é ganho duplo.

O aluguel long stay também é requisitado em Curitiba, especialmente nas regiões universitárias, já que existem diversos bairros que contam com Campi. Mesmo para os casos de aluguéis anuais, a demanda maior está em studios e apartamentos pequenos.

3. Qualidade de vida

Visitantes no Parque Barigui com o bairro Bigorrilho ao fundo
Parque Barigui e bairro Bigorrilho ao fundo

Polo educacional, limpeza nas ruas e organização pública 24h, sistema de transporte público reconhecido internacionalmente, ciclovias, opções gratuitas de entretenimento e mais de 60 metros quadrados de área verde por habitante; esses são apenas algumas das características que fazem a qualidade de vida da cidade ser uma das melhores do país.

Para fechar com chave de ouro, Curitiba foi considerada pelo Ranking Connected Smart Cities 2023 como a melhor cidade para morar no Paraná. Motivo suficiente para atrair novos moradores e aumentar o número de pessoas que procuram um imóvel no município.

É um legítimo caso de oferta e demanda, certo?

Com o aumento de pessoas buscando um endereço na cidade, a demanda sobre o seu imóvel aumenta, e você tem mais chances de lucrar!

4. Aumento da população e procura por imóveis

Parque Barigui, Curitiba
Parque Barigui e Bigorrilho ao fundo

Nos últimos 12 anos, a capital curitibana teve um aumento populacional de 1,2%, atingindo o número de 1,8 milhão de habitantes em 2023. Curitiba é a cidade mais populosa da Região Sul do Brasil e também a 8ª na lista das mais populosas do país.

Esse aumento resulta em melhorias públicas, estimula o mercado imobiliário da região, atrai novas construtoras, desperta o interesse de grandes empresas e traz novas oportunidades de negócio, aquecendo a economia e a geração de empregos.

Por que investir em imóveis é um bom negócio?

Investir em imóveis é, por natureza, um bom negócio, quer ver?

  1. É um investimento seguro, afinal, o mercado imobiliário é um segmento consolidado e bem estabelecido mundo afora.
  2. Proporciona uma valorização imobiliária contínua, mesmo em momentos em que o mercado apresenta estagnação.
  3. Oportunidade de ganhos acima da média com a compra de pequenos tesouros, como imóveis depreciados de forma excessiva ou localizados em regiões em expansão iminente.
  4. O investimento imobiliário é uma “aposta” certeira, pois não exige que você seja um especialista no assunto e não apresenta muito risco.
  5. Investir em imóveis é uma forma de diversificar seus investimentos.
  6. Você tem a possibilidade de rendimento passivo por meio do aluguel do imóvel.
  7. A demanda por imóveis sempre existirá, mesmo com períodos de alta e baixa.

Além disso, depois de um ano como 2023, no qual o cenário macroeconômico apresentou um comportamento de recessão, o mercado imobiliário de 2024 já caminha em outra direção, demonstrando um crescimento estável e sólido, tornando o investimento em imóveis ainda mais atraente.

Nesse cenário de prosperidade imobiliária, as vantagens de investir em imóveis em Curitiba só aumentam, assim como em outros pontos estratégicos do Paraná e do Brasil, como é o case de investimento no litoral catarinense, que envolve, especialmente, as Regiões de Itapema, Balneário Camboriú e companhia.

Deixe seu comentário ou dúvida