O que fazer em Florianópolis: 15 opções de passeios para curtir a ilha

08 Dezembro 2023 | Atualizado em 11 Julho 2024
Por Nicole Santos

Saiba aqui como conhecer a ilha do Campeche, como fazer a Trilha da Lagoinha do Leste e também como chegar ao Projeto Tamar. Separamos essas e outras das melhores atividades para fazer em qualquer época do ano na ilha da magia!

Beira mar de Florianópolis, SC
Beira-mar, Agronômica

Os melhores roteiros de Florianópolis estão na rua, nas praias, trilhas, mas também na sua cultura, história e em seus comércios, ou seja, o forte da ilha são seus passeios ao ar livre, mas você pode ficar tranquilo(a), porque, quaisquer que sejam suas preferências, em Floripa, você com certeza terá opções do que fazer!

É claro que, durante os meses de verão, todos os principais passeios do local ficam mais disputados, e até a programação mais simples do dia pode exigir paciência e provavelmente envolverá filas, logo,tenha isso em mente antes de escolher o seu rolê.

Afinal, as cidades turísticas costumam ter essa característica nas altas temporadas!

Para tirar o melhor deste conteúdo, separe papel e caneta para anotar cada um dos passeios selecionados: aqui estão as melhores dicas para ir direto ao que interessa. Assim, você vai poder aproveitar a ilha ao máximo!

1. Conheça as melhores praias de Florianópolis

Jurerê, Ingleses, Santinho, Campeche, Lagoinha do Leste, Morro das Pedras, Canasvieiras, Ponta das Canas, Brava, Joaquina, Praia Mole e a Ilha do Campeche são algumas das melhores praias de Florianópolis.

Mapa de Praias Florianópolis

Os balneários de Floripa são o destaque da capital catarinense, por isso, se você estiver de passagem pela cidade e o seu calendário permitir, incluí-las no roteiro é quase obrigatório. Uma sugestão é fazer uma road trip pela ilha, percorrendo boa parte dela.

Se o tempo disponível for curto, escolha entre as praias do Norte, do Leste ou Sul da ilha. No Norte, as praias oferecem uma infraestrutura melhor, mar calmo e águas mais quentes. No Centro, Leste e Sul da ilha, as praias são mais naturais e preservadas, com mar agitado, água mais gelada e ondas maiores, ideais para o surf.

Mas, não se preocupe: o visual é perfeito, de uma ponta a outra!

2. Pegue as melhores ondas na Praia da Joaquina

Praia da Joaquina, Florianópolis - SC

A Joaquina fica localizada na Lagoa da Conceição, no Leste da ilha, a 15 km do Centro. Possui uma faixa de areia de 3 km de extensão e condições favoráveis para o surf, já foi palco para diversos eventos do esporte e, hoje, recebe surfistas de todo o mundo.

A Praia da Joaquina – ou Joaca, como é chamada pelos locais – é cercada pelo Parque Natural Municipal das Dunas da Lagoa da Conceição. Essa característica confere ainda mais charme ao local, possibilitando também a prática de outra modalidade de surf: o sandboard. Esse passeio custa em torno de R$ 30 por hora de utilização da prancha, e quem busca se aventurar pode acessar o local pela Avenida das Rendeiras, via principal do bairro da Lagoa da Conceição.

Quer estender sua estadia na ilha da Magia e fazer uma surf trip pela cidade em busca das melhores ondas? Confira as condições do mar na Praia Mole, Campeche, Praia Brava, Praia do Matadeiro e Morro das Pedras. Elas são as melhores praias para surfar na capital catarinense!

3. Bem-vindo(a) a bordo: passeios de barco em Florianópolis

Passeios de barco em Florianópolis - SC

Florianópolis é conhecida por suas águas cristalinas, de vários tons de verde e azul, paisagens deslumbrantes e contato com a natureza. Tudo isso fica ainda mais admirável de dentro do mar, a bordo de um dos passeios de barco que saem de vários pontos da capital.

Dentre os trajetos náuticos imperdíveis de Florianópolis estão:

Os passeios para a ilha de Anhatomirim e ilha Ratones partem de quatro pontos da capital: do trapiche localizado embaixo da ponte Hercílio Luz, do trapiche Avenida Beira Mar, da Praia de Sambaqui e da Praia de Canasvieiras. O passeio dura entre 3 e 7 horas, dependendo do local de embarque.

O passeio panorâmico a bordo do Barco Kattamaram II, por exemplo, parte da Beira Mar Norte em direção à ilha de Ratones Grande, passando por baixo das pontes Hercílio Luz, Colombo Salles e Pedro Ivo. A navegação dura, em média, 2h30.

As escunas piratas são uma das atrações mais tradicionais e populares de Florianópolis, com embarcações estilizadas como barcos piratas e tripulação a caráter. Elas partem do Trapiche de Canasvieiras e fazem a alegria da criançada.

4. Encante-se pela ilha do Campeche

Vista aérea da Ilha do Campeche, Florianópolis - SC

A ilha do Campeche é mais uma parada obrigatória na capital catarinense. O local é conhecido como Caribe Brasileiro, e fica a 1,5 km da Praia do Campeche, no bairro de mesmo nome na Região Sul da ilha de Florianópolis.

Com águas cristalinas e calmas e coloração que varia entre o verde e o azul-turquesa, a ilha do Campeche conta com uma pequena praia de 500 metros, um restaurante e muito verde, onde é possível fazer trilhas e conferir diversos registros rupestres.

Para chegar lá, é preciso pegar um dos barcos que saem diariamente da Praia do Campeche, da Praia da Armação ou da Barra da Lagoa. Se você for durante a alta temporada, fique atento ao horário, já que o número de visitantes é de, no máximo, 800 pessoas por dia.

5. Aventure-se pela Trilha da Lagoinha do Leste

Praia da Lagoinha do Leste, Florianópolis -  SC

Florianópolis é uma cidade de muitas áreas verdes preservadas que costeiam o mar, afinal de contas, quase todo o seu território fica em uma ilha. Por isso, dentre as melhores programações da cidade estão as dezenas de trilhas disponíveis por lá.

A Trilha da Lagoinha do Leste é uma das mais famosas, percorridas e difíceis do município, ela fica na Região Sul da ilha de Florianópolis, entre a Praia do Matadeiro e a Praia do Pântano Sul. O percurso tem final na Lagoinha do Leste, uma praia pequena, com visual selvagem e natureza intocada.

Existem dois trajetos diferentes para chegar até ela, a primeira é pegar a trilha saindo do Pântano do Sul, que é mais curta, com 2,2 km e cerca de 1h de duração, mas esse caminho exige mais do seu condicionamento físico, porque é mais íngreme.

A segunda alternativa é seguir a trilha que sai do Matadeiro, que é mais longa e demorada, com 4 km de extensão e cerca de 3h de duração. Por outro lado, ela é mais plana e tem vista para o mar.

6. Vá até os principais mirantes de Florianópolis

Mirante do Morro da Cruz, Florianópolis - SC
Mirante do Morro da Cruz, Centro

Florianópolis conta com diversas praias, lagoas, baías, ilhas e áreas ambientais preservadas. Para observar toda essa beleza, a ilha da Magia conta com um relevo heterogêneo, com planícies, dunas, colinas, morros, montanhas e vales dissecados.

Tudo isso possibilita a incidência de diversos mirantes, tanto naturais quanto construídos. Dentre os principais da capital catarinense estão os seguintes (toque nos links para saber como chegar):

Seja para assistir o nascer ou pôr do sol, se encantar com as belezas de Floripa ou se divertir com os amigos, nada como um mirante para tirar boas fotos e guardar lembranças.

7. Passeie pelo Centro Histórico da cidade

Largo da Alfândega, Florianópolis - SC

Ao lado de Santo Antônio de Lisboa e Ribeirão da ilha, o Centro é uma das regiões mais antigas e históricas da cidade. O local é repleto de construções históricas, com igrejas, museus, praças e figueiras centenárias.

Percorrer sem pressa as ruas do centro histórico pode levá-lo(a) para outra época, principalmente se você resolver parar para tomar um cafézinho ou almoçar no vão central do Mercado Público enquanto aprecia as apresentações de rua que acontecem ao redor.

Dentre as principais atrações do endereço estão a Praça XV de Novembro, a Catedral Metropolitana, o Casario Colonial ao lado Leste da praça, o Museu Histórico de Santa Catarina – Museu Cruz e Sousa, o Museu Victor Meirelles e o Museu da Escola Catarinense.

8. Comércios e shoppings para comprar suas lembrancinhas

Beira-mar Shopping, Florianópolis -  SC
Beira-mar Shopping

Quer vir até a ilha e adquirir suas lembrancinhas? Ou ainda fazer umas comprinhas para renovar o guarda-roupa? Vamos indicar alguns dos melhores pontos para isso.

  • Rua Conselheiro Mafra e Rua Felipe Schmidt: o centro e suas principais ruas guardam boas opções de lojas. Em especial as mais populares, mas por lá é possível encontrar todo tipo de produto em comércios para todos os bolsos.
  • Camelódromo: fica ao lado do Mercado Público e também próximo às Ruas Conselheiro Mafra e Felipe Schmidt, ou seja, se quiser sair com carregado de sacolas, é só seguir por essa região.
  • Shoppings Beira-Mar, Floripa e Villa Romana: esses são os maiores shoppings centers das ilhas e ficam localizados no Centro, no Saco Grande e Santa Mônica respectivamente.

9. Visite a Ponte Hercílio Luz aos finais de semana

Vista da Ponte Hercílio Luz, Florianópolis - SC

Depois de 28 anos interditada, a Ponte Hercílio Luz foi reaberta em 2019 para o tráfego e trânsito de pedestres e ciclistas. O monumento faz parte do patrimônio cultural de Santa Catarina, recebe quase 50 mil veículos diariamente e se transforma em uma grande área de lazer aos finais de semana.

Aos sábados e domingos, a Ponte Hercílio Luz fecha para o tráfego de veículos e permite que pedestres e ciclistas aproveitem o espaço para lazer e caminhadas. No final de semana, a estrutura de 819 metros de comprimento se transforma em uma grande passarela para proveito do povo.

O monumento é uma das três pontes que ligam a parte continental à parte insular da cidade, e também é um dos locais mais emblemáticos e fotogênicos de Florianópolis. Não deixe de dar uma passadinha por lá, viu?

10. Prática de esportes na Beira-mar

Pessoas praticando beach tennis na Beira Mar em Florianópolis, SC

A Avenida Beira-Mar é um dos locais mais admirados e frequentados da ilha. Isso por causa da vista de tirar o fôlego, além de conter espaços propícios para passar os finais de tarde ou praticar um esporte. Tem para todos os gostos: quadra de areia para beach tennis ou futevôlei; ciclovia para bicicleta, skate e patins ou ainda academias ao ar livre para mobilidade e calistenia.

Muitos são aqueles também que aproveitam o espaço para uma caminhada leve aproveitando o visual no final de tarde, levam os cachorrinhos para aproveitar a grama ou desfrutam da feira que ocorre durante o domingo com artesanatos, lembrancinhas ou comidinhas de rua. Vale a pena reservar seu domingo para passar por lá.

11. Visite a Fortaleza de São José da Ponta Grossa

Fortaleza São José da Ponta Grossa, Florianópolis - SC

O monumento histórico está localizado no Morro da Ponta Grossa, na Praia do Forte, localizada na Região Norte de Florianópolis, a 25 km do centro da capital. A Fortaleza de São José da Ponta Grossa foi uma das vértices do triângulo defensivo da barra da baía Norte da ilha na primeira metade do século 18.

Atualmente, o monumento é mantido pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) e pode ser visitado durante o ano inteiro. O local ajuda a contar um pouco mais da história da ilha catarinense e de seu papel no Brasil Colônia.

12. Conheça o Projeto Tamar – unidade Barra da Lagoa

Projeto Tamar, Barra da Lagoa, Florianópolis - SC

O Projeto Tamar tem como objetivo proteger as tartarugas marinhas no litoral brasileiro e já são mais de 20 institutos espalhados pelo território nacional. Em Florianópolis, a unidade funciona na Rua Professor Ademir Francisco, na Barra da Lagoa, a 20 km do centro da cidade.

O Tamar atua em três linhas: conservação e pesquisa aplicada, educação ambiental e desenvolvimento local sustentável. O projeto oferece visitas guiadas de até 1h de duração, nas quais o visitante conhece o instituto, entende mais sobre a conservação do ecossistema marinho e fica pertinho das tartarugas.

Esse passeio ficará ainda mais especial se você estiver viajando com crianças! Elas sairão de lá encantadas e ecologicamente mais conscientes!

13. Desfrute do pôr do sol e a gastronomia florianopolitana

Pôr do Sol em Santo Antônio de Lisboa

Você já deve ter percebido que a beleza natural é um dos grandes atrativos da capital catarinense, certo? A dica aqui é curtir o visual banhado pelo sol poente. Existem alguns locais da cidade que reservam as melhores vistas para curtir esse momento. E ainda melhor, junte tudo isso a uma boa gastronomia típica da Ilha, repleta de frutos do mar (em especial a ostra, a tainha e o camarão). Conheça aqui locais para curtir o pôr do sol em um bom restaurante tradicional manezinho:

  • Santo Antônio de Lisboa: O restaurante Chão Batido é uma das opções mais tradicionais do bairro, além da comida bem recomendada, você ainda pode curtir a refeição na orla.
  • Coqueiros: O Boteco do Zé Mané é um típico botequim, mas com comidas tradicionais da ilha. Local aconchegante com música ao vivo todos os dias.
  • Ribeirão da Ilha: O Trapiche das Ostras é um dos restaurantes mais interessantes do bairro tanto pela qualidade dos pratos, quanto pelo visual do trapiche.

14. Curta a boemia dos bares do Centro

Canto do Noel, Centro Leste, Florianópolis - SC

A capital brilha não somente durante o dia, já que a vida noturna de Florianópolis também é bastante agitada. Para curtir uma roda de samba na rua, um barzinho de rock, sinuca ou alguns drinks com amigos, a melhor pedida é o Centro. Nas ruas paralelas à Avenida Hercílio Luz, é possível encontrar tudo isso e muita gente bonita.

Um local bastante visitado é o Canto do Noel, um bar simpático que conta com comidas típicas de bar, chopp gelado e roda de samba toda sexta-feira à noite. Para chegar lá, é só colocar no GPS: Rua Tiradentes, 186, Centro, Florianópolis - SC.

15. Visite as casas de shows e baladas

Festa Betonada na Stage Music Park em Florianópolis - SC

Se você curte eventos como shows e festivais de música, saiba que é possível encontrar diversos locais que oferecem música e festa durante o ano todo. Confira algumas das opções!

  • Stage Music Park: localizada em Jurerê, a Stage Music Park recebe diversos shows nacionais como Péricles, Luiza Sonza e Alceu Valença, além de festivais de música e festas universitárias.
  • Life Club Floripa: também localizada ao norte da ilha, a Life Club recebe durante o ano diversas festas universitárias, shows e, principalmente, festivais de música.
    Parador P12 Jurerê: reconhecida amplamente a nível nacional, a P12 é um dos locais com agenda mais agitada e badalada, seja para festas ou para receber músicos e bandas.
  • Arena Opus: mesmo estando fora da ilha, a Arena Opus é uma opção para encontrar bons shows e eventos. Localizada na cidade vizinha de São José, o local fica a 17 km de distância do Centro da capital.

E aí, o roteiro já está pronto? Não deixe de compartilhar os cliques e inspirar mais viajantes a conhecer a ilha da Magia!

Deixe seu comentário ou dúvida